Psicologia Pediátrica

Psicologia Infanto-juvenil

Na Terapia Cognitiva Comportamental, é descrito como uma abordagem terapêutica estruturada, diretiva, com metas claras e definidas, focalizada no presente e utilizada no tratamento dos mais diferentes transtornos psicológicos Seu objetivo principal é o de produzir mudanças nos pensamentos (crenças) dos pacientes, evocando uma transformação emocional e comportamental duradoras, ajudando a criança e o adolescente a lidar com suas emoções e organizar seus pensamentos. As demandas para psicoterapia são diversas: dificuldades na interação familiar, dificuldades apresentadas pelos pais ou pela escola, problemas associados à ansiedade, depressão, necessidade de aprovação dos pais e da escola, baixa autoestima, agressividade, dificuldade em lidar com frustração, separação, chegada de um novo irmão, entre outros. O Psicólogo deve construir uma aliança terapêutica com o indivíduo, a fim de construir e proporcionar a melhor estratégia terapêutica.

 

Neuropsicologia

A neuropsicologia é uma área de fronteira com a medicina, sobretudo com a neurologia. Tem como base o estudo do funcionamento do cérebro e do comportamento humano, bem como se dá o resultado dessa interação. os objetivos da avaliação neuropsicológica são: auxiliar o diagnóstico diferencial, estabelecer a presença ou não de disfunção cognitiva e o nível de funcionamento em relação ao nível ocupacional, e localizar alterações sutis, a fim de detectar as disfunções ainda em estágios iniciais. Além disso, a avaliação neuropsicológica contribui para planejar o tratamento e para acompanhar a evolução do quadro em relação aos tratamentos medicamentoso, cirúrgico e de reabilitação. Nesse sentido, a avaliação neuropsicológica é essencial não somente para a tomada de decisões diagnósticas, mas também para o desenvolvimento de programas de reabilitação com uma equipe multidisciplinar.

 

Avaliação e reabilitação neuropsicológica infantil e do idoso

O encaminhamento para a avaliação neuropsicológica pode vir através do neurologista, da escola ou até mesmo uma da família. No contexto infantil, em geral são problemas associados a transtornos ou dificuldades de aprendizagem, onde após o processo de avaliação, são traçadas estratégias de ação necessárias para o sucesso dessa criança no ambiente escolar. Orientações aos pais e à escola fazem parte do relatório neuropsicopedagógico e indicam a conduta de família e escola na devolutiva da avaliação diagnóstica.

A avaliação neuropsicológica no idoso, auxilia na diferenciação primária entre demência, comprometimento cognitivo leve, distúrbios psiquiátricos (por ex. depressão e ansiedade) e outras síndromes neuropsicológicas. Após o diagnóstico, o profissional observa a necessidade de encaminhar para a reabilitação neuropsicológica.

       Bianca Bohrer

 

©  2.018 desenvolvido para Clinica Pediátrica Bem-me-quer

Av. Juscelino Kubitscheck, 16 - 1º andar, Bauxita, CEP 35.400-000 - Ouro Preto - MG

(31) 3551-5063

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now